24 jun

A importância da boa postura no combate à síndrome do impacto

É comum haver confusão entre as causas da bursite e da tendinite. Considerando que, respectivamente, são a inflamação da bursa e do tendão, sua causa mais comum é, na verdade, a Síndrome do Impacto do Ombro. Em outras palavras, essas doenças são consequência de algo de errado que vem ocorrendo no ombro.

De acordo com o movimento feito, algumas pessoas podem desenvolver um “esporão” no osso acrômio – que fica logo acima dos tendões e da bursa (tecido que reveste os tendões) – ou possuir esse osso em forma curva ou em gancho, o que pode gerar o atrito causador das dores. Se não tratadas, essas alterações podem evoluir para um quadro mais grave, lesionando os tendões principalmente de pessoas acima de 50 anos ou pacientes que sofreram traumas ou com tendinites graves anteriores.

Para evitar o agravamento da síndrome existem 3 medidas que podem ajudar:

– evite movimentos com o braço acima da altura dos ombros (90° de abdução ou flexão);

– pratique exercícios que fortaleçam os músculos dos tendões dos rotadores externos e internos para melhorar a movimentação da articulação;

– atente à postura dos ombros posicionados para frente e procure manter a coluna ereta e os ombros relaxados.

Author:
Tags: , , , ,

POSTS RELACIONADOS

9 dez

Dor nas costas: a importância dos cuidados na jornada de trabalho

Cadeiras e mesas devem formar uma dupla ergonômica evitando problemas

Leia mais
12 jan

Sentir dores influencia na rotina de trabalho, diz pesquisa

A tensão gerada no ambiente de trabalho pode refletir nos ombros e nas costas, causando dor de cabeça.

Leia mais
6 mar

Evite as LERs com exercícios simples (membros superiores)

Com exercícios simples de alongamento, você diminui a tensão das áreas mais atingidas pelas LERs, melhorando também seu desempenho no trabalho.

Leia mais