18 nov

Além da performance, tablets e smartphones devem ser comprados também pela ergonomia

A cada ano que passa os dispositivos móveis se tornam ainda menores. A praticidade e a agilidade desses aparelhos inovaram a forma como nos conectamos de qualquer lugar. Porém, o uso frequente de tablets e smartphones vem ocasionando desconforto em seus usuários.

As pequenas telas e o pouco espaço para teclar estão mudando a forma como utilizamos e até mesmo sentamos para fazer uso do aparelho. E é nesse sentido que alguns especialistas indicam avaliar os aspectos ergonômicos do aparelho antes de realizar a compra. Nem sempre é possível comprar o modelo mais adequado para o uso com uma mão só, mas existem acessórios como suportes e capas que podem ajudar a minimizar os problemas do manuseio.

As dimensões do aparelho são um fator essencial para um uso mais ergonômico. Dispositivos mais largos permitem um melhor encaixe na mão, evitando que escorreguem ou que o usuário tenha que contrair a musculatura da mão para segurá-lo. A largura da tela também requer atenção: alguns modelos de smartphones apresentam uma espécie de “moldura”, reduzindo ainda mais o espaço útil da tela, o que pode acarretar mais dificuldade para ler e/ou enxergar o conteúdo.

Vale lembrar que o uso de suportes ergonômicos para apoiar o dispositivo pode contribuir inclusive para a execução da tarefa de forma mais rápida. Durante a leitura ou enquanto você assiste vídeos, encaixar o tablet ou smartphone em um suporte apoiado em uma mesa na altura de seus olhos evita movimentos repetitivos que podem causar o desconforto e a fadiga.

Author:
Tags: , , ,

POSTS RELACIONADOS

6 out

10 dicas de ergonomia para quem trabalha com computador

São procedimento e hábitos simples, mas que podem fazer a diferença na prevenção de uma série de lesões.

Leia mais
11 nov

Ambiente de trabalho bem planejado diminui preocupações da empresa

A ergonomia pode ajudar muito para evitar pequenos problemas na rotina dos trabalhadores

Leia mais
17 nov

Atenção aos riscos de trabalho no escritório

Ainda que não apresente os mesmos perigos do chão de fábrica, o escritório pode, sim, prejudicar a saúde do trabalhador.

Leia mais