22 jan

Em busca da temperatura ideal

Uma pesquisa publicada em 2016, realizada pela CareerBuilder com profissionais norte-americanos, apontou que o excesso de calor ou de frio pode impactar na rotina de trabalho. Além de ser um motivo para discussões entre os colegas, 53% dos colaboradores se dizem menos produtivos quando trabalham um local muito frio, enquanto 71% reclamaram de ambientes muito quentes.

Em locais de trabalho que exigem atividades intelectuais (laboratórios e escritórios), a norma reguladora ISO 9241 recomenda temperaturas entre 20 e 24 graus Celsius no verão e 23 a 26 graus Celsius no inverno. Além disso, a umidade relativa deve estar entre 40% e 80% e até a velocidade do ar é limitada, não podendo passar de 0,75 m/s.

Para resolver o problema, a principal dica é conversar. Só assim você chegará a um acordo com os seus colegas. E para os mais encalorados, indica-se o uso de roupas leves e a ingestão de bebidas e alimentos frios. Já os friorentos devem vestir casacos e roupas mais pesadas e optar por líquidos e comidas quentes.

Author:
Tags: , ,

POSTS RELACIONADOS

16 abr

3 dicas definitivas para melhorar a ergonomia no local de trabalho

O estudo do ambiente e o investimento na saúde dos colaboradores são peças-chave para o sucesso do seu projeto.

Leia mais
23 fev

Transforme o ar-condicionado em um aliado

O conforto térmico não está apenas relacionado à temperatura do ar, mas leva em conta outros fatores, como a limpeza do aparelho.

Leia mais
17 jun

A influência da qualidade do ar na jornada de trabalho do colaborador

Má qualidade do ar pode ocasionar “síndrome do edifício doente”

Leia mais