1 abr

Estudo comprova que lombalgia ocupacional é uma das principais dores que causam o absenteísmo

Um estudo patrocinado pela Fundação Bill & Melinda Gates divulgado recentemente apontou que o impacto de inúmeras doenças em todos os países do mundo e mostrou que as dores lombares são as campeãs em causar incapacidade na população em geral. Atualmente 10% das pessoas 10% das pessoas sofrem com dores lombares crônica. Isso mesmo, uma em cada dez pessoas.

A dor lombar relacionada às más práticas de postura ou excesso de peso no ambiente de trabalho é chamada de lombalgia ocupacional. Ela se dá principalmente pelas posturas incorretas adotadas em decorrência de distorções no ambiente e na organização do trabalho, ofícios que envolvam carregamento de carga, tarefas que acarretam excesso de flexão e/ou rotação do tronco. Além disso, tem mais propensão às lombalgias pessoas com longas jornadas de trabalho sem pausas e o estresse laboral.

A boa notícia é que a prevenção da lombalgia é relativamente fácil: adotar e manter uma orientação postural correta, investir em equipamentos ergonômicos em caso de longas jornas de trabalho e se possível, ter medidas de controle de estresse e técnicas de relaxamento (para não permitir que a musculatura permaneça contraída por muito tempo.

Author:
Tags: , , ,

POSTS RELACIONADOS

20 out

Ergonomia auxilia na prevenção da lombalgia

Estudo revela que dores na lombar e na cabeça estão entre as principais dores crônicas no Brasil.

Leia mais
22 jun

5 motivos para investir em ergonomia

Muitas empresas sofrem com o afastamento dos trabalhadores em função de problemas de saúde, que podem ser evitados com ergonomia.

Leia mais
9 jun

Atingindo a postura correta com ergonomia

Devemos aliar conforto físico à preservação da nossa saúde, então investir na ergonomia no trabalho para atingir a postura correta é fundamental.

Leia mais