22 jul

Excesso de trabalho pode ser prejudicial à saúde

Pesquisadores da Universidade do Texas (EUA) publicaram um estudo no Jornal of Ocupaccional Environmental Medicine mostrando que pessoas que trabalham por 55 horas ou mais por semana, ao longo de uma década, apresentam 16% mais risco de sofrerem com doenças cardiovasculares. Já no caso de quem cumpre uma jornada semanal de mais de 60 horas, esse risco aumenta para 35%.

Os cientistas analisaram mais de 1,9 mil participantes e concluíram que trabalhar mais de 45 horas por semana pode elevar a ocorrência de problemas como angina, doenças coronarianas, insuficiência cardíaca, infarto, derrame e hipertensão. Além disso, o estudo mostrou que não houve variação de risco entre os que trabalham por 40 e 45 horas.

Mas não são só as longas jornadas de trabalho que podem prejudicar a saúde. A falta de exercício físico e de uma alimentação equilibrada, o consumo de bebidas alcoólicas e de cigarros e ansiedade e estresse não controlados também são prejudiciais ao coração. Por isso, procure administrar o momento do trabalho e do lazer, investindo em hábitos saudáveis e trazendo mais tranquilidade à sua vida.

Author:
Tags: , , ,

POSTS RELACIONADOS

1 set

4 dicas para combater a depressão no trabalho

A depressão é considerada uma doença ocupacional e ter uma rotina profissional sobrecarregada podem desencadear o desgaste físico e mental de uma pessoa.

Leia mais
2 set

5 dicas para ter um ambiente de trabalho saudável

As pessoas que ocupam o mesmo espaço de trabalho têm opiniões e necessidades diferentes

Leia mais
12 maio

Aprenda a se prevenir da Síndrome do Esgotamento Profissional

Os sintomas são variados: desde o esgotamento físico e emocional - que causa, entre outras coisas, a ausência no trabalho - à dificuldade de concentração.

Leia mais