19 maio

A importância da iluminação em um ambiente de trabalho ergonômico

Nossos sentidos mais básicos representam a conexão mais importante que podemos estabelecer com o que nos cerca. A visão, por si só, é fundamental na maior parte das atividades humanas – e é utilizada em quase todos os tipos de trabalho exercidos pelo homem contemporâneo. Portanto, é fácil prever que a fadiga deste recurso, conectada intimamente aos esforços realizados pelos nossos olhos, são responsáveis por grande parte dos desconfortos e problemas de saúde adquiridos enquanto trabalhamos.

A iluminação do seu ambiente de trabalho deve ser pensada a partir deste ponto de vista. Ou seja, de forma ergométrica, planejada e ajustada à cada tipo de atividade realizada naquele local. Locais adaptados à estes conceitos tendem a reduzir a ocorrência de erros de trabalho em até 60%, além de proporcionar o bem-estar e privilegiar a saúde dos funcionários.

Os sistemas de iluminação mais eficientes, em ambientes corporativos, são aqueles que acompanham a variação de luminosidade ambiente natural – do início ao fim do expediente. Confira algumas dicas:

1 Trabalhe com o máximo de luz natural possível

 

 

O impacto da luz do dia no seu ambiente influi nos mais diferentes aspectos das relações de trabalho: ela influencia na produtividade, qualidade final do trabalho e bem-estar do funcionário, além de auxiliar na economia de energia. Desta forma, seu espaço se torna ergonômico, econômico e, ainda, mais sustentável ambientalmente.

Aproveite ao máximo o número de portas e janelas que seu local de trabalho possui, modificando o posicionamento das mesas de forma inteligente e dinâmica, fazendo com que a luz natural incida sobre o maior número de estações de trabalho possíveis. No entanto, tome cuidado com as interferências: afinal, não é possível controlar este tipo de iluminação de forma direta.

As mesas de trabalho devem ser posicionadas de forma perpendicular às aberturas, reduzindo reflexos e incômodos causados pelo sol – ou pela ausência dele. Lance mão, também, de recursos como cortinas, persianas e venezianas para adaptar a luz natural às suas necessidades.

2 Utilize a luz artificial para uniformizar a iluminação do ambiente

 

 

Enquanto isso, a luz artificial serve como um complemento uniformizador na iluminação do seu espaço. Por meio dela, você pode garantir que a luminosidade seja distribuída de forma igual em todos os cantos do seu local – ou, ainda, transformais locais menos iluminados para necessidades que exijam uma incidência maior de luz.

Leve sempre em consideração de que a maioria dos trabalhos, hoje, envolve dispositivos tecnológicos e as telas possuem iluminação por si só. A iluminação do seu espaço deve compreender este fato e tornar as atividades à frente do computador, por exemplo, menos cansativas aos olhos. Sua instalação deve evitar ofuscamentos, sombras e reflexos incômodos.

O olho humano possui uma grande capacidade de adaptação a diferentes níveis de luminosidade, gerenciada pela pupila. Contudo, a constância na incidência de luz proporciona maior conforto e estabilidade à nossa visão, prevenindo eventuais problemas causados pelo excesso de exposição a luzes nocivas.

3 Pense o espaço a partir dos detalhes, mas com foco no todo

 

 

Ambientes de trabalho construídos de forma ergonômica possuem diversos fatores de impacto: cadeiras, mobiliários fixos, fluxo de cores e, é claro, a iluminação. Apesar de cada um destes itens possuir importância individual e aplicações diferentes, é essencial que se pense no conjunto deles para garantir um espaço coeso e agradável.

Portanto, estude e planeje a iluminação do seu local de trabalho levando em consideração todos os aspectos da ergonomia aplicada a estes ambientes. Afinal, a saúde e o bem-estar dos seus funcionários influi em todos os aspectos do seu negócio – e este pode ser um grande diferencial competitivo, em comparação aos seus concorrentes.

Author:
Tags: , ,

POSTS RELACIONADOS

22 set

Por que me preocupar com a iluminação do ambiente de trabalho?

Um dos fatores básicos, que muitas vezes acabam não sendo preocupação para o gestor de uma empresa, é a iluminação do ambiente profissional.

Leia mais
15 dez

Conheça e entenda os diferentes tipos de ergonomia

Aprenda sobre ergonomia de Correção, Concepção, Conscientização e Participativa.

Leia mais
10 nov

Ergonomia pode e deve estar presente em diferentes áreas de trabalho

Do chão de fábrica aos salões de beleza, a adoção da ergonomia e de um estilo de vida mais saudável durante a jornada traz benefícios ao colaborador.

Leia mais