5 ago

O peso do smartphone

Os 283,5 milhões de telefones celulares no Brasil representam mais de um aparelho por pessoa, considerando que somos uma nação de 204 milhões de habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

No entanto, o uso excessivo de smartphones causa danos que vão desde dores de cabeça e no couro cabeludo até desvios de postura vertebral.

Segundo a CNN , médicos e fiseoterapeutas já tem até uma expressão específica para esse tipo de problema, que chamam de “Text Neck” (pescoço de texto, em tradução livre) – que é aquela famosa posição com a cabeça inclinada para baixo, fazendo com que a cabeça “pese mais” e force a coluna e outras partes do corpo.

A cabeça humana média pesa 10 quilos em uma posição neutra – quando os ouvidos estão sobre os ombros. Para cada polegada que se inclinar a cabeça para frente, a pressão sobre a coluna dobra. Ou seja, olhar para um smartphone que está no colo, pode significar que o pescoço está segurando uma cabeça que parece ter 20kg ou 30kg.

 

Prevenir é o melhor remédio, mas se já estiver com dor…

Especialistas dizem que a melhor opção é prevenir. Diminuir o uso de smartphones ou então posicioná-los mais próximo da altura dos olhos são boas estratégias para evitar o problema.

Se você já estiver com os sintomas, siga essas dicas para ter uma postura saudável ao usar smartphones:

– Mantenha os braços alinhados e apoiados em uma mesa ao digitar, de preferência a 90° em relação ao corpo;

– Afaste o aparelho o máximo que conseguir. Dessa forma o pescoço ficará menos flexionado e os braços ficarão em uma posição relativamente confortável.

– Aumente a letra das mensagens, para uma melhor visualização e, assim, evita-se a inclinação da cabeça.

 

Author:
Tags: ,

POSTS RELACIONADOS

5 ago

“Efeito smartphone” prejudica a coluna

O uso excessivo desses aparelhos pode causar danos que vão desde dores de cabeça e no couro cabeludo até desvios de postura vertebral.

Leia mais
22 jun

5 motivos para investir em ergonomia

Muitas empresas sofrem com o afastamento dos trabalhadores em função de problemas de saúde, que podem ser evitados com ergonomia.

Leia mais
30 dez

Atenção à saúde de quem trabalha sentado

Evite dores, fadiga e problemas no corpo e no organismo ao investir na ergonomia e na atividade física

Leia mais