4 jan

Sinta-se bem no trabalho: mudanças aumentam bem-estar e produtividade

O ano de 2019 começou e, como todo novo ciclo, ele deve chegar para movimentar a sua empresa. Essa é a melhor hora para testar novas soluções, começar a corrigir as rotas e ativar as estratégias planejadas para o ano. Nesse contexto, podem acontecer mudanças no próprio espaço de trabalho, transformações pensadas para aumentar o bem-estar e a produtividade nesses ambientes.

De acordo com uma pesquisa do Instituto Global de Bem-Estar, nas companhias em que não é dada a devida importância às necessidades dos profissionais, o nível de estresse chega a 41%. Já as organizações que se preocupam com o bem-estar e a qualidade de vida dos colaboradores, apresentam um nível de estresse bem inferior, apenas 17% dos colaboradores se mostram incomodados. E esse é um dos fatores que mais afetam a produtividade das empresas.

Em vez das pessoas depositarem as energias certas para aumentar o desempenho no trabalho e focar no desenvolvimento profissional, elas acabam somando problemas ao longo da jornada. Isso faz com que carreguem uma carga de estresse enorme, refletindo nos resultados da empresa como um todo. Uma exemplo claro é a concessão de auxílio-doença no Brasil ter aumentado em 20 vezes nos dez últimos anos devido a transtornos psicológicos. O dado é do Ministério da Previdência Social.

Além disso, de acordo com uma pesquisa da Isma-BR, representante local da International Stress Management Association, nove em cada dez brasileiros no mercado de trabalho apresentam sintomas de ansiedade, do grau mais leve ao incapacitante. Quase metade (47%) sofre de algum nível de depressão, recorrente em 14% dos casos.

Portanto, a conclusão que chegamos é: nunca foi tão urgente promover mudanças no espaço de trabalho e oferecer conforto e segurança para os profissionais durante o expediente.

 

Atividades de apoio

É possível inserir algumas práticas e atividades que são fundamentais para o bom desenvolvimento dos colaboradores, como acompanhamento psicológico e reuniões periódicas para direcionar o dia a dia de trabalho desses profissionais. Assim, além de sentirem que estão recebendo suporte, poderão resolver problemas e dúvidas com mais facilidade, por meio do contato diário com supervisores e coordenadores.

 

Ergonomia

Todo esse apoio citado anteriormente deve existir combinado às melhores condições do ambiente, o que inclui a composição do espaço de trabalho com móveis e utensílios ergonômicos, que promovem a saúde de todos aqueles que trabalham na empresa. É preciso oferecer conforto e muita segurança para os colaboradores, e uma das principais formas de colocar isso em prática é escolher o mobiliário certo para compor o local.

Independentemente do segmento de atuação da empresa, seja ela do varejo ou da construção civil, é importante ter atenção à saúde dos colaboradores. Se você trabalha em um escritório, por exemplo, as cadeiras e mesas são essenciais na promoção de bem-estar. Elas precisam ser ergonômicas e muito bem pensadas para atender às características fisiológicas e o biotipo de todos. Conhecer o perfil dos colaboradores e o que diz a Norma de Regulamentação (NR 17), que prevê parâmetros para a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas dos trabalhadores, é imprescindível nessas horas.

Outro fator muito importante é o uso de utensílios ergonômicos, eles funcionam como suporte para atividades que provocam as pessoas a realizarem movimentos repetitivos. Os apoiadores para os pés e braços ajudam (e muito) a manter a boa postura daqueles que trabalham a maior parte do dia sentados em frente ao computador, além de evitar que esses profissionais sofram com Lesões por Esforços Repetitivos (LER), também conhecida como Lesão por Trauma Cumulativo.

Agora, aqueles profissionais que trabalham na construção civil, precisam receber cuidados específicos relacionados a atividades de risco. Nesse caso, o uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) são fundamentais. Capacetes, luvas e outros acessórios devem ser usados diariamente e a importância de utilizá-los de maneira correta deve ser lembrada sempre, por meio de treinamentos e do Diálogo Diário de Segurança (DDS).

 

Resultado para as empresas

Quando você investe em ergonomia e instala uma cultura dentro da organização que prioriza a saúde e o bem-estar, é possível somar diversas melhorias para os negócios. A principal delas é contar com o empenho de profissionais saudáveis e seguros de que aquele é um bom ambiente de trabalho. Porque, depois, isso reflete em um aumento de produtividade. A empresa passa a crescer ao lado de profissionais muito mais confiantes e cheios de energia para desenvolver novas habilidades e promover melhores resultados para a organização.

 

Saiba mais sobre a importância da ergonomia para o dia a dia da sua empresa. Continue acompanhando as publicações do blog e conheça as opções de mobiliário da Prolabore.

Author:
Tags: , ,

POSTS RELACIONADOS

2 jun

Aumentando a produtividade dos seus funcionários com ergonomia

A ergonomia pode se tornar a principal aliada de quem visa o aumento de produtividade em seu ambiente laboral.

Leia mais
16 abr

3 dicas definitivas para melhorar a ergonomia no local de trabalho

O estudo do ambiente e o investimento na saúde dos colaboradores são peças-chave para o sucesso do seu projeto.

Leia mais
30 dez

Atenção à saúde de quem trabalha sentado

Evite dores, fadiga e problemas no corpo e no organismo ao investir na ergonomia e na atividade física

Leia mais