16 abr

3 dicas definitivas para melhorar a ergonomia no local de trabalho

Cada vez mais, as empresas buscam maneiras de construir um local de trabalho que incentive a produtividade e transmita um bom clima entre os colegas. Mas, quando se fala em ergonomia, muitos empresários têm dúvidas sobre a forma mais eficaz de tornar o ambiente adequado para que os colaboradores realizem as suas atividades com qualidade.

Então, separamos algumas dicas fundamentais para que você consiga projetar o ambiente da sua empresa, trazendo mais bem-estar para a rotina de trabalho. Confira:

1. Estudo prévio do ambiente

A primeira dica para não errar quando se projeta um ambiente ergonômico é saber exatamente qual será o trabalho desenvolvido pelas pessoas que ocupam o local. Depois dessa análise, fica mais fácil escolher o tipo de mesas, cadeiras, equipamentos ergonômicos, além de outros itens, como iluminação e temperatura.

Neste contexto, a definição prévia de um layout é fundamental para a organização dos espaços e das pessoas. Isso influencia diretamente a produtividade dos colaboradores e as relações entre os colegas.

2. Definição do clima de trabalho

Os materiais e as cores são fatores determinantes nas sensações que o ambiente passa para as pessoas que estão ali interagindo. Por exemplo: um mobiliário de madeira escura transmite seriedade, enquanto estruturas de vidro são mais contemporâneos, e materiais como plástico passam uma ideia mais despojada.

Por sua vez, a cor branca transmite a ideia de organização e limpeza. Já cores como o amarelo e o laranja estimulam a criatividade e novas ideias.

Então, defina a imagem que a sua empresa quer passar para o público interno e qual é o tipo de relação que você quer encorajar entre os colaboradores para, assim, estimular esse comportamento por meio do ambiente.

3. Investimento em saúde e bem-estar

A qualidade de vida no trabalho é um dos aspectos mais importantes que as empresas devem procurar promover entre os colaboradores. Sendo assim, é preciso se preocupar com o mobiliário escolhido, pois ele é parte fundamental da rotina de trabalho, proporcionando conforto, contribuindo para a melhoria da postura e, logo, evitando possíveis problemas de saúde.

De acordo com a NR-17, é necessário a adequação do posto de trabalho para a função sentada ou em pé, que inclui: altura das bancadas, espaço das mesas, características da superfície, assentos confortáveis, entre outros itens.

Além da promoção da saúde, como já falamos, a ergonomia é responsável pela melhora da produtividade no trabalho. De acordo com dados de uma pesquisa realizada pelo Departamento do Trabalho dos Estados Unidos, cuidados simples com o ambiente podem aumentar em 11% a produtividade dos colaboradores.

Portanto, a ergonomia aplicada ao local de trabalho faz parte de estratégias que envolvem a imagem institucional da empresa e, principalmente, a saúde, o bem-estar e a qualidade de vida dos colaboradores.

Então, se você também quer investir em ergonomia sem errar, entre em contato com a Prolabore e conheça tudo sobre as nossas soluções, desenvolvidas especialmente para atender às necessidades dos mais diferentes tipos de profissionais. Acompanhe o nosso blog e encontre ainda mais informações relevantes sobre ergonomia e como ter um ambiente de trabalho sempre saudável.

Author:
Tags: , ,

POSTS RELACIONADOS

6 out

10 dicas de ergonomia para quem trabalha com computador

São procedimento e hábitos simples, mas que podem fazer a diferença na prevenção de uma série de lesões.

Leia mais
15 jun

Conheça a diferença entre laudo e análise ergonômica do trabalho

Ambos são importantes para garantir a saúde dos seus colaboradores, bem como a segurança jurídica da sua empresa.

Leia mais
22 dez

Criar ambientes de descontração no escritório também é ergonomia

Fazer pausas no trabalho para a descontração e poder desopilar em um ambiente agradável aumenta a produtividade e a qualidade de vida de uma equipe.

Leia mais
Chame no Whatsapp