28 jun

Prevenção ao acidente de trabalho apoia a ergonomia

Os riscos de sofrer com acidentes de trabalho assombram colaboradores e empresários de todo o País. Isso porque o acidente ou doença de trabalho, além do dano inquestionável que causa à saúde do trabalhador, desfalca a empresa e pode ocasionar sérias despesas indesejadas, que poderiam ter sido evitadas com investimento na prevenção adequada.

Segundo dados do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, a cada 48 segundos, ocorre um acidente de trabalho no Brasil. Apesar dessa grande quantidade de casos, ela já foi bem maior. No início da década de 1970, por exemplo, o Banco Mundial ameaçou cortar os financiamentos para o Brasil devido à alta taxa de mortalidade e acidentes de trabalho. Na época, ocorriam, anualmente, cerca de 1,7 milhão de acidentes desse tipo.

Em reposta, no ano de 1972, o Brasil criou um serviço obrigatório de segurança e medicina do trabalho em empresas com mais de 100 colaboradores. Em 27 de julho do mesmo ano, foi regulamentada a Formação Técnica em Segurança e Medicina do Trabalho, que foi o primeiro serviço desse tipo no mundo. Por isso, para comemorar o marco inicial da prevenção ao acidente de trabalho no País, foi criado o Dia Nacional da Prevenção ao Acidente de Trabalho.

 

Como se prevenir

Se, antes, não havia regulamentação e, por isso, os índices de acidentes eram tão altos, atualmente, existem várias leis e normas regulamentadoras (como a NR-17, por exemplo) que orientam e regulam como deve ser o ambiente de trabalho a fim de evitar ocorrências. Hoje, é impossível abrir uma empresa sem estar atento aos riscos de acidentes e como evitá-los.

Além disso, ao longo dos anos, foram desenvolvidas e aprimoradas técnicas capazes de reduzir os riscos que os ambientes de trabalho trazem aos colaboradores, auxiliando na diminuição das taxas. A ergonomia, por exemplo, é a técnica mais conhecida e eficaz para a prevenção de acidentes no mundo dos negócios. Aplicada para trazer mais conforto, bem-estar e saúde aos trabalhadores, ela reduz drasticamente os índices de acidentes e doenças do trabalho.

Por meio dessa técnica, foram desenvolvidos equipamentos e mobiliários pensados com estratégia para se adaptarem às necessidades de cada profissional e seu conforto, independentemente do biotipo, como cadeiras ajustáveis para manter a postura ereta, descanso para pés, suporte para notebooks, apoio para punhos, entre outros.

 

Leia também: Tudo que você precisa saber antes de comprar uma cadeira de trabalho

 

Por tanto, no dia 27 de julho, lembre-se que o investimento à prevenção deve ser constante e diário. Para isso, conte com a ergonomia ao seu lado. Acesse o site da Prolabore e confira conteúdos relacionados ao bem-estar da sua equipe e muitas outras opções de equipamentos e mobiliários ergonômicos para tornar o dia a dia da sua empresa mais saudável.

Author:
Tags: , ,

POSTS RELACIONADOS

15 set

3 medidas para construir o ambiente de trabalho ideal

O que caracteriza um ambiente profissional ideal para se trabalhar? Como criar um espaço onde os funcionários sintam-se bem para exercer suas funções?

Leia mais
29 jun

3 dicas definitivas para melhorar a ergonomia no local de trabalho

O estudo do ambiente e o investimento na saúde dos colaboradores são peças-chave para o sucesso do seu projeto.

Leia mais
19 Maio

A importância da iluminação em um ambiente de trabalho ergonômico

A iluminação do seu ambiente de trabalho deve ser pensada a partir da ergonomia, planejada e ajustada à cada tipo de atividade realizada naquele local.

Leia mais