17 17 nov

Atenção aos riscos de trabalho no escritório

Podemos afirmar que, cada vez mais, as pessoas passam a maior parte do seu dia no trabalho. Por isso, as atividades realizadas em escritórios são responsáveis por um grande número de registros de doenças ocupacionais, como a Lesão por Esforço Repetitivo (LER) e os Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (DORT).

É verdade que o escritório pode não apresentar a mesma quantidade de riscos que encontramos em um chão de fábrica, por exemplo, mas este ambiente laboral também precisa ter as suas medidas de segurança e programas e controle dos riscos. Ou seja, os profissionais de um escritório também devem ser bem orientados a não realizar atividades inseguras e a estar preparados para situações de emergência.

Dentre os fatores que precisam de atenção dentro de um escritório, estão:

Condições de ergonomia

 

 

Normalmente, as consequências relacionadas à má postura no ambiente do escritório aparecem em longo prazo. Isso porque trabalhar por horas em uma posição inadequada não resulta em problemas mais sérios na hora. Doenças ocupacionais, como as já citadas LER e DORT demoram um tempo para apresentar os primeiros sintomas.

A ergonomia também trata de assuntos como a iluminação, o espaço para circulação, a climatização do local e a exposição dos colaboradores a ruídos, além da obrigatoriedade da realização do programa de prevenção de riscos ambientais.

O Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) visa à preservação da saúde e da integridade dos trabalhadores por meio da antecipação, reconhecimento, avaliação e consequente controle da ocorrência de riscos ambientais existentes ou que venham a existir no ambiente de trabalho.

Neste contexto, existem alguns agentes de risco que podem ser encontrados nos escritórios, incluindo vapores e gases de máquinas copiadoras, exalação de substâncias químicas usadas na cola do carpete, entre outros.

Equipamentos eletrônicos

 

 

No escritório, é preciso ter cuidado com a sobrecarga dos sistemas elétricos, sempre verificando o aterramento das tomadas para cada equipamento, não deixando fios de eletricidade expostos, realizando uma manutenção frequente e, acima de tudo, evitando as famosas “gambiarras”.

É obrigatório, por parte da empresa, contratar um profissional para realizar as manutenções e os reparos dos sistemas elétricos. Lembre-se: tentar resolver por conta própria ou deixar este trabalho para alguém sem experiência certamente dá margem a acidentes.

Ações preventivas

 

 

Além das tarefas que exigem a ação de profissionais especializados, existe a necessidade de conscientizar os colaboradores do escritório sobre os riscos e estimular ações preventivas. Por exemplo: não deixar objetos cortantes fora do lugar, não colocar caixas e materiais no caminho por onde as pessoas circulam, colocar um sinal de “piso molhado” enquanto o chão estiver secando, entre outros cuidados para prevenir acidentes.

Saúde e segurança no escritório

 

 

Um ambiente saudável e seguro proporciona bem-estar, produtividade e satisfação ao colaborador durante a sua jornada de trabalho. Neste sentido, o gestor é responsável por garantir condições de saúde e segurança no ambiente de trabalho e, por sua vez, o profissional precisa ter consciência sobre o comportamento de risco que pode levar a acidentes e doenças.

Se ambos os lados cumprirem o seu papel na prevenção de acidentes de doenças, todos saem ganhando: o colaborador garante a sua qualidade de vida e a empresa assegura a sua produtividade, seja investindo na conscientização e prevenção como também na montagem do escritório com móveis ergonômicos. Cadeiras e mesas adequadas aos diferentes biotipos, apoios para pés, mousepads e outros elementos são muito importantes quando se fala em ergonomia. Siga acompanhando nosso blog para acessar dicas e informações muito úteis.

Author:
Tags: , ,

POSTS RELACIONADOS

8 jun

5 riscos ergonômicos a evitar na sua empresa

Saiba o que são os riscos ergonômicos e confira o que fazer para prevenir cinco situações comuns que ameaçam as organizações.

Leia mais
12 jan

Sentir dores influencia na rotina de trabalho, diz pesquisa

A tensão gerada no ambiente de trabalho pode refletir nos ombros e nas costas, causando dor de cabeça.

Leia mais
24 nov

Sedentarismo e trabalho não combinam

É importante que a empresa garanta boas condições de trabalho para que o colaborador se sinta disposto a praticar exercícios.

Leia mais
Chame no Whatsapp