18 28 dez

Qual a melhor hora para iniciar um projeto ergonômico e por que agora?

O final do ano está se aproximando e com ele surgem novos desafios e metas para pessoas e empresas. Dentro das organizações, o sentimento é de rever o que foi feito durante o ano que passou, observar, analisar e debater os resultados, bem como prever novas estratégias para as próximas jornadas. E uma das questões que deve estar nesse escopo é a ergonomia.

Não existe um momento certo para começar a investir em projetos ergonômicos e mudar a qualidade e a saúde da sua companhia. Mas se você ainda não adota práticas de ergonomia, saiba que essa hora já chegou. Aproveite para incluir essa abordagem no planejamento do ano que está por vir.

 

Projeto de ergonomia

Construir um projeto de ergonomia é fundamental e não somente porque uma regra está sendo cumprida. Além de existir a Norma Regulamentadora (NR-17), que determina as melhores práticas ergonômicas a serem adotadas pelas organizações para que a atividade laboral seja exercida de acordo com as capacidades psicofisiológicas de cada indivíduo, compor o ambiente laboral respeitando um projeto ergonômico também significa oferecer boas condições aos colaboradores e gerar melhorias para a companhia.

Ao implantar um plano de negócio que une ergonomia às práticas do dia a dia, a empresa permite que as próprias pessoas se sintam mais seguras e até mesmo confortáveis em realizar as suas atividades. No caso da indústria de manufatura, um exemplo é ter cuidado com a oferta de equipamentos de segurança do trabalho, os chamados Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s). É preciso estar atento a todas aquelas atividades realizadas em ambientes que oferecem riscos à integridade física dos trabalhadores, desde uma obra da construção civil até o bem-estar dos profissionais dentro de um escritório.

Assim, qualquer organização, independente do segmento ou porte, estará colocando em prática processos ergonômicos que fazem toda a diferença na produtividade dos profissionais e na qualidade do serviço oferecido.

 

Comece agora seu planejamento ergonômico

Portanto, não fique de braços cruzados: é hora de pensar em ergonomia. Aproveite o período de fechamento, em que os resultados estão sendo levantados e analisados, para incluir processos ergonômicos no seu planejamento para o ano que vai começar.

Para isso, verifique como a sua empresa se comporta no campo ergonômico e saiba se ela está cumprindo com os seguintes pré-requisitos:

– reconhece os riscos inerentes às atividades;

– avalia o perfil/biotipo dos profissionais e sabe suas limitações;

– faz a Análise Ergonômica do Trabalho (AET) do ambiente;

– investe em práticas ergonômicas, como treinamentos e capacitações.

Depois, procure os melhores fornecedores para compor o ambiente de trabalho com um mobiliário que proporciona conforto e a segurança. Existem opções de cadeiras e mesas que são pensadas para atender com conforto os diferentes biotipos. Elas seguem os padrões previstos na NR-17, que exige altura e características da superfície de trabalho compatíveis com o tipo de atividade, com a distância requerida dos olhos ao campo de trabalho e com a altura do assento, e ainda tem características dimensionais que possibilitam posicionamento e movimentação adequados dos segmentos corporais.

Outra aposta para manter bons padrões ergonômicos no próximo ano é investir em utensílios que ajudam na rotina do trabalhador. Estamos falando dos apoios para os pés e antebraços, que levam os colaboradores a manter uma boa postura durante todo a jornada de trabalho. Ou dos mousepads ergonômicos, que impedem as dores no pulso e o surgimento de doenças como Lesão por Esforço Repetitivo (LER) e Distúrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho (DORT).

Mas não esqueça: todo dia é dia de começar um projeto ergonômico e investir em soluções saudáveis. Conheça os produtos da Prolabore e saiba como compor a sua empresa com uma mobiliário totalmente ergonômico, pensado para manter a boa saúde de toda a organização.

 

Author:
Tags: , ,

POSTS RELACIONADOS

16 nov

Atualização da NR-17 prevê nova medição para iluminação

Desde 24 de outubro, o item 17.5.3.3 da NR-17 segue as diretrizes da NHO-11, definidas pela Fundacentro.

Leia mais
7 dez

Análise Ergonômica do Trabalho: período para revisar e renovar

Além de revisar a AET em um curto intervalo de tempo, saiba qual a melhor época e por que você deve renovar a análise ergonômica da sua empresa.

Leia mais
21 dez

Passo a passo para ter uma empresa ergonômica em 2019

Contar com um time de ergonomia e com um mobiliário ergonômico pode oferecer maior conforto para os profissionais da sua organização no próximo ano.

Leia mais
Chame no Whatsapp