3 ago

Ergonomia física, cognitiva e organizacional: o que você sabe sobre elas?

A ergonomia é uma ciência que procura desenvolver a integração perfeita entre as pessoas e o trabalho. Sua principal função é criar técnicas e estratégias por meio da adaptação de elementos no ambiente organizacional para garantir a saúde de todos colaboradores e seu foco é prevenir acidentes e também assegurar a produtividade nas empresas.

Para isso, o estudo ergonômico é divido em três ramos: a ergonomia física, cognitiva e organizacional. O que você sabe sobre cada uma deles? Entenda tudo sobre o assunto, a seguir:

 

Ergonomia física

A ergonomia física é entendida como a relação entre as atividades desempenhadas pelos profissionais no ambiente de trabalho e as características anatômicas da pessoa: sua fisiologia, antropometria e biomecânica.

Neste estudo, são realizadas avaliações antropométricas (que medem as medidas do corpo humano) com o objetivo de conhecer o biotipo dos colaboradores e, a partir disso, dimensionar os equipamentos, máquinas e ferramentas. São analisadas também uma série de questões para manter o melhor desempenho e saúde das pessoas na realização das suas tarefas diárias. Entre elas: a postura dos profissionais ao executarem as suas tarefas, a forma como os equipamentos são manuseados, se durante as atividades são feitos movimentos repetitivos, a fim de promover maior segurança no dia a dia do trabalhador.

E é a partir disso que se torna possível escolher os melhores móveis e utensílios ergonômicos, que ajudam as empresas a manter a saúde e o bem-estar dos trabalhadores. A nossa dica é que você consulte a Norma Regulamentadora (NR-17) e confira quais são as exigências ergonômicas quando se vai compor o espaço físico de trabalho para, assim, proporcionar um máximo de conforto, segurança e desempenho eficiente.

 

Ergonomia cognitiva

A ergonomia cognitiva está ligada a todos os processos mentais usados pelas  pessoas na realização das suas atividades e como eles afetam suas relações com outros elementos de um sistema. Sua função é verificar a carga mental exigida nos diferentes tipos e ambientes de trabalho.

A ideia é conhecer os fatores que podem influenciar na saúde mental dos trabalhadores e fazer intervenções (se for preciso). E o objetivo é diminuir ou eliminar qualquer possibilidade de estresse e doenças como a depressão. Para isso, são avaliados os seguintes pontos: raciocínio, resposta motora, percepção e memória, relacionados aos processos de tomada de decisão, ao desempenho do profissional em determinada áreas e a forma como ocorre a interação entre o homem e as máquinas.

 

Ergonomia organizacional

A ergonomia organizacional tem como missão promover alterações na estrutura organizacional de uma empresa. Estamos falando sobre a otimização dos aspectos sociotécnicos de uma organização – que incluem pessoas como partes inerentes do sistema -, incluindo também processos e políticas.

A proposta é adaptar as condições da empresa para manter a boa saúde e o bem-estar do trabalhar. Para isso, é feita uma intervenção ergonômica na cultura e no clima organizacional por meio de intervenções nos processos de comunicação da companhia, nas atividades desempenhadas em grupo com o objetivo de orientar os profissionais e melhorar a qualidade da gestão.

Conheça as nossas opções de equipamentos e mobiliário ergonômico para compor o seu ambiente de trabalho. E continue acompanhando as nossas publicações para saber como garantir a saúde dos seus colaboradores.

Author:
Tags: , ,

POSTS RELACIONADOS

6 out

10 dicas de ergonomia para quem trabalha com computador

São procedimento e hábitos simples, mas que podem fazer a diferença na prevenção de uma série de lesões.

Leia mais
27 jul

A importância do profissional de ergonomia

A promoção da saúde do colaborador e, logo, o aumento da produtividade e a diminuição do absenteísmo estão entre as contribuições deste profissional

Leia mais
2 jun

Aumentando a produtividade dos seus funcionários com ergonomia

A ergonomia pode se tornar a principal aliada de quem visa o aumento de produtividade em seu ambiente laboral.

Leia mais