15 dez

Conheça e entenda os diferentes tipos de ergonomia

De forma geral, a ergonomia provoca diferentes melhorias nos ambientes de trabalho. Conhecida como “ciência do conforto”, envolve aspectos ligados a anatomia, fisiologia, psicologia, engenharia, informática e administração, com o objetivo de proporcionar às pessoas mais conforto, segurança e eficiência para realização de qualquer atividade.

Por estar ligada a diversos setores e áreas do conhecimento, você pode relacionar a ergonomia ao espaço físico, que permite tornar as estações de trabalho mais saudáveis; ao lado operacional do seu negócio, que cuida da estruturação organizacional e política da empresa; e à parte cognitiva também, para garantir o bem estar emocional.

Conheça, a seguir, quatro diferentes tipos de ergonomia que podem ser explorados pela sua empresa.

1 Ergonomia de Correção

Apostar em ergonomia de correção significa agir de forma corretiva, modificando alguns elementos e estruturas do ambiente de trabalho de forma objetiva, como: dimensões, iluminação, temperatura, móveis e objetos. A proposta é adaptá-los aos diferentes perfis e fluxos de pessoas, tornando o ambiente como um todo mais confortável e saudável.

2 Ergonomia de Concepção

A ergonomia de concepção, diferentemente da ergonomia de correção, interfere de forma ampla no projeto do ambiente, desde a planta até a formação de equipes. A preocupação neste momento está em melhorar a organização do ambiente de trabalho e dos processos e sistemas de produção, passando pelas instalações de equipamentos, organização da linha de produção, uso correto dos equipamentos e melhor postura dos colaboradores.

3 Ergonomia de Conscientização

A ergonomia de conscientização auxilia os trabalhadores a entenderem e usufruírem os benefícios do ambiente de trabalho. Por meio de treinamentos, palestras e cursos, você educa os colaboradores para atuar conforme a ergonomia desenhada para o local. A intenção é orientá-los sobre as diferentes doenças laborais e a importância da ginástica laboral, informá-los sobre o uso adequado de equipamentos e ferramentas, assim como conscientizá-los sobre manter uma boa postura durante o expediente para evitar problemas e ser ainda mais eficiente. Ou seja, é fundamental para alcançar os objetivos propostos pelo projeto ergonômico da sua empresa.

4 Ergonomia Participativa

Funciona como uma espécie de controle para melhorar os resultados ergonômicos da empresa. Normalmente, a ergonomia participativa é estimulada pela criação de um Comitê Interno de Ergonomia (CIE), formado por representantes e colaboradores da empresa, que trabalha para a criação e viabilização de um projeto ergonômico correto e saudável.

Gostou? Então, entre em contato e confira como a Prolabore pode ajudar você a oferecer mais conforto para os seus colaboradores.

Author:
Tags: ,

POSTS RELACIONADOS

4 maio

Ergonomia: 3 erros comuns na rotina de trabalho no escritório

Você já parou para pensar em como é estruturado o seu ambiente de trabalho? Diversos erros são cometidos devido à falta de ergonomia. Saiba como evitá-los.

Leia mais
6 abr

Ergonomia e tecnologia: como otimizar o ambiente de trabalho

Além de contar com móveis e utensílios ergonômicos tradicionais, hoje é possível contar com tecnologias que oferecem mais conforto para as rotinas de trabalho.

Leia mais
10 nov

Ergonomia pode e deve estar presente em diferentes áreas de trabalho

Do chão de fábrica aos salões de beleza, a adoção da ergonomia e de um estilo de vida mais saudável durante a jornada traz benefícios ao colaborador.

Leia mais
Chame no Whatsapp